Ir para o conteudo 1 Ir para o menu principal2 Pular lista Órgãos de Governo3

Usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no Portal Dataprev. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse nosso Aviso de PrivacidadeAo continuar navegando, você confirma que leu, compreendeu e consente com a utilização de cookies.

Atualizado em: 
qua, 06/12/2023 - 16:05

Dataprev é responsável, mensalmente, por gerar e processar os dados dos cidadãos na folha de pagamentos do Instituto 

 

idoso olhando para o celular em mãos com interface do Meu INSSO Programa de Enfrentamento à Fila da Previdência Social (PEFPS) vem apresentando resultados: o número de benefícios previdenciários equivalentes a um salário mínimo (R$ 1.320) passou de 39 milhões. Em novembro, o número de pessoas beneficiadas com aposentadorias, pensões e demais auxílios chegou a 39.036.865, superando os 38.901.879 do mês de outubro. Mensalmente, a Dataprev realiza o processamento dos dados dos cidadãos e gera a folha de pagamento dos beneficiários do INSS.

Do total do mês corrente, 5.657.745 são benefícios assistenciais, enquanto 33.379.120 são previdenciários. Os números fazem parte da folha de pagamento de novembro do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Ainda conforme o levantamento do INSS, o número de pessoas que recebe até um salário mínimo é de 26.168.062. Os que ganham acima do piso nacional somam 12.868.803 pessoas. 

No mês passado, o total de cidadãos que recebiam benefícios assistenciais era de 5.669.984 e outras 33.231.895 pessoas recebiam pagamentos previdenciários. Sendo 20.914.044 com vencimentos até R$ 1.320 e 12.317.851 acima do piso nacional. 

Calendário 

De acordo com o INSS, o calendário de pagamentos dos benefícios para quem ganha até um salário mínimo vai começar na próxima sexta-feira (24) e terminará em 7 de dezembro. Nessa etapa, serão contemplados 26.168.062 milhões de pessoas.  

Os pagamentos levam em conta o número final do cartão de pagamento, sem considerar o dígito verificador que aparece após o traço. O crédito é feito primeiramente para os que têm final de benefício 1. Na segunda-feira, será a vez dos que têm cartão de benefício com final 2, e assim sucessivamente, sempre nos dias úteis. 

Já os 12.868.803 beneficiados que recebem acima do piso nacional vão começar a receber de 1° a 7 de dezembro, quando são feitos os créditos aos beneficiados que têm cartão com final 1 e 6. 

*** Com informações do INSS.