Ir para o conteudo 1 Ir para o menu principal2 Pular lista Órgãos de Governo3

Usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no Portal Dataprev. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse nosso Aviso de PrivacidadeAo continuar navegando, você confirma que leu, compreendeu e consente com a utilização de cookies.

Atualizado em: 
sex, 15/03/2024 - 15:19

Presidente Rodrigo Assumpção integrou painel do evento que faz parte  do calendário de comemorações dos 15 anos da instituição

Presidente Rodrigo Assumpção durante apresentação em evento externoA Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) realizou, na quarta-feira (13), um seminário para discutir a inovação e o desenvolvimento para o sistema complementar. O presidente da Dataprev, Rodrigo Assumpção, participou do painel que tratou da “Previc do Futuro”. Entre os assuntos abordados estavam as evoluções tecnológicas, estruturais e institucionais para uma melhor integração, eficiência e redução de custos para os participantes assistidos. 

Durante o Seminário, realizado, em Brasília, o presidente Rodrigo Assumpção, destacou sobre a tecnologia aplicada à Previdência Social. Ele explicou para a plateia, composta por representantes do governo e de entidades fechadas de previdência complementar, que o principal objetivo do Governo Federal com a transformação digital é a construção da Infraestrutura Nacional de Dados (IND). “Da mesma maneira que os governos precisam ter gestão de estradas e de portos e aeroportos, por exemplo, no século 21, os governos precisam ter dados. Uma sociedade sem o domínio dos seus dados, não é capaz de executar nenhuma política pública e qualquer avanço em uma das suas ações”, ressaltou.  

O presidente da Dataprev também enfatizou que os gestores precisam entender a responsabilidade em gerir dados, o que não deixa de ser um ativo importante para entidades, organizações e empresas. “É preciso entender o que fazer com os dados e como transformá-los em algo significativo para a sociedade”, disse. 

O painel, realizado ontem na parte da tarde, contou com participação do CEO e fundador da Atlas Governance, Eduardo Carone, e da Diretora Executiva da Quanta Previdência, Denise Maidanchen. O primeiro convidado apresentou sobre Governança e Estrutura e como empresas e organizações precisam ter um propósito nas suas ações. Já a segunda painelista fez uma exposição relacionada à inovação tecnológica para ativos e passivos previdenciários.  

A moderação ficou por conta do diretor de administração da Previc, Leonardo Zumpichiatti, que iniciou o encontro. Para ele, o “domínio de novas ferramentas, como a Inteligência Artificial, pode trazer mais eficiência para o desenvolvimento do sistema complementar e que vai dar sustentabilidade para o setor”.  

Sobre o Seminário Previc 15 anos  

O evento presencial integrou o calendário de comemorações pelo aniversário da Previc que está comemorando 15 anos em 2024. A abertura teve a presença dos ministros da Previdência Social, Carlos Lupi, e da Secretaria de Relações Institucionais (SRI) da Presidência da República, Alexandre Padilha, além do diretor-superintendente da Previc, Ricardo Pena; e dos presidentes da Abrapp, Jarbas de Biagi, e da Anapar, Marcel Barros. 

O primeiro painel foi realizado na parte da manhã com o tema “O Fomento da Previdência Complementar do Brasil”, que buscou identificar os potenciais para o crescimento do regime de fundos de pensão. Trouxe também temas relacionados à segurança jurídica e os investimentos produtivos e sustentáveis.